Deputados capixabas e as narrativas sobre o bolsonarismo

Share Button

Uma análise das redes sociais de quatro deputados estaduais identificou que, em alguns casos, as plataformas virtuais são ferramentas de repercussão das pautas bolsonaristas. 

Por: Gleiciane Marriel e Sara de Oliveira

O uso das redes sociais como plataformas de discursos políticos não é uma novidade. Cada vez mais, os espaços virtuais se tornam locais de disputas de narrativas, envolvendo atores de diferentes esferas sociais. Uma análise feita com o suporte técnico do Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura (Labic-Ufes), identificou que, entre os deputados capixabas, esses locais ora são utilizados para repercussão de pautas bolsonaristas, ora para reivindicar políticas públicas do Governo Federal. 

O deputado estadual Capitão Assumção (Patriota), por exemplo, lidera as menções ao presidente Jair Bolsonaro. Dentre 686 publicações com referências ao presidente da República, coletadas entre quatro deputados, 505 pertenciam ao parlamentar capixaba.

Para a análise, a reportagem fez um recorte de quatro parlamentares situados em posições opostas quando se trata do bolsonarismo. Para representar o grupo que apoia o governo federal, foram analisadas as redes sociais dos deputados Torino Marques (PSL) e Capitão Assumção.

Os parlamentares foram escolhidos pelas manifestações contínuas em apoio ao Governo Federal na tribuna da Assembleia Legislativa, onde deixam claro o apoio ao presidente. Já do lado oposto, o principal nome de oposição ao Governo Federal na Ales é a deputada Iriny Lopes (PT), que também se manifesta continuamente contra as pautas bolsonaristas.

A reportagem coletou postagens realizadas pelos deputados no Instagram, entre os dias 1º fevereiro de 2019, quando o atual mandato tomou posse, e o dia 13 de maio de 2021. A análise das redes sociais dos quatro deputados identificou 686 publicações, a partir da procura do termo “bolsonaro”. A ideia era entender quais narrativas do bolsonarismo são construídas nos ambientes virtuais dos parlamentares.

Rede de palavras 

A postura do deputado Capitão Assumção  nas redes sociais costuma ser mais incisiva, com publicações diárias em apoio ao Presidente da República. No gráfico a seguir, é possível observar a rede de palavras do parlamentar, onde os termos em vermelho são os mais recorrentes.

Rede de palavras do deputado Capitão Assumção, a partir da busca do termo “bolsonaro”.

A segunda posição entre os quatro é da deputada Iriny Lopes, com 161 publicações mencionando o Presidente da República. A rede conta com a predominância de termos como “pandemia”, “saúde” e “país”, que aparecem em vermelho junto com o nome do líder do Executivo Federal.

Ao citar Bolsonaro, a narrativa da parlamentar petista se constrói principalmente em torno de reivindicações para essas áreas. O nome do presidente também é mencionado quando Iriny repercute notícias ou falas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. É possível observar na ilustração abaixo que o termo “Lula” está entre os mais recorrentes.

Rede de palavras da deputada Iriny Lopes, a partir da busca do termo “bolsonaro”.

Apesar de conter somente 19 menções ao termo de referência, entre as postagens do deputado Torino Marques (PSL) foi identificado um discurso expressivo associado ao Bolsonaro, ao Governo Federal e à CPI. 

Em muitos casos, as publicações são de apoio ao presidente e exemplos de seus feitos à sociedade. O termo “Assumção”, em referência ao deputado que lidera menções sobre o presidente, também aparece na rede de palavras de Torino Marques (PSL), como é possível notar na ilustração abaixo.

Rede de palavras do deputado Torino Marques, a partir da busca do termo “bolsonaro”.

Para completar a análise, ao lado da deputada Iriny Lopes (PT), está o deputado Bruno Lamas (PSB). A partir da busca do termo “bolsonaro”, a reportagem identificou apenas uma  publicação nas redes do parlamentar, que relaciona os termos “municípios”, “estados” e “socorro” ao Governo Federal. 

A publicação é sobre o Projeto de Lei 39/2020, que visava adquirir mais recursos financeiros para o enfrentamento à Covid-19 nos estados. O deputado pede socorro ao Governo Federal e faz menção aos municípios sobre a economia que deverá ser realizada, como a proibição de reajustes nos salários dos servidores.

Rede de palavras do deputado Bruno Lamas, a partir da busca do termo “bolsonaro”.

Interação com os seguidores

Na maioria das vezes, os deputados não falam sozinhos. O Capitão Assumção, por exemplo, conta com 257 mil seguidores, que interagem com as publicações.

O ator, produtor de teatro e seguidor do deputado, Marcelo Woellner, diz que o principal motivo para segui-lo foi sua transparência, caráter e por ser de direita. Para Marcelo, “quando a mídia inverte as falas do presidente, o parlamentar utiliza a página para mostrar a verdade”. 

Iriny Lopes também possui seguidores ativos que dão apoio aos seus discursos nas redes sociais. 

Dê Reis é uma dos mais de 9 mil seguidores da deputada. Para ela, ser ativa na página é fundamental. A seguidora explica que as publicações acompanham o que acontece no mundo. “Fico informada sobre o que tem acontecido no cenário político. Se tem algo importante na educação ou saúde, a deputada aborda os temas”, afirma. 

Deixe uma resposta