Por trás das lentes

Share Button

[h4]Precursor e referência em fotografia de moda no ES, João Araújo não mede esforços para o clique perfeito e nem se deixa intimidar pelo nome que construiu ao longo de anos de experiência.[/h4]

(Jhones Corbellari) – “Moda não é só glamour”, disse-me João Araújo no final do expediente. E acompanhando um dia inteiro de seu trabalho, percebo que sua dedicação ao que faz, ultrapassa o nome que ele construiu na área. Mesmo sendo o fotógrafo de moda mais visado do Espírito Santo ele não mede esforços na hora de clicar.

Acompanhar uma sessão de fotografia com João, sem dúvida, foi uma experiência única. Poder ver de perto um dia de trabalho do fotógrafo exigiu, antes de tudo, muito fôlego. João não para e sua criatividade e olhar de fotógrafo são geniais. Qualquer ambiente pode virar locação e render fotos maravilhosas.

Referência quando o assunto é fotografia de moda, ele foi o precursor do gênero no Espírito Santo. Aos 41 anos, ele conta com uma sólida carreira e tem em seu portfólio trabalhos que vão desde campanhas para marcas estaduais à editoriais para revistas de circulação nacional como Vogue Brasil e Playboy. Empreendedor, ele também trouxe para o estado a primeira agência de modelos e hoje, além de fazer trabalhos de fotografia para vários clientes, é sócio da agência Andy Models e está à frente do Mega Stúdio, um estúdio com ampla infraestrutura e um dos melhores do estado, de acordo com o próprio.

Envolvido com fotografia desde criança, ele conta que tudo começou bem cedo. “Quando era criança, ficava no estúdio do meu irmão e do meu cunhado enquanto meus pais estavam trabalhando. Foi ali que fui aprendendo a fotografar”.

A fotografia de moda foi entrando por acaso: “Como não existia alguém especializado no assunto na época, um amigo me pediu para fazer algumas fotos para compor algo que podemos chamar de catálogo. Ali fui percebendo o que eu realmente gostava de fotografar”. Conta ele sobre o início do que hoje é uma de suas paixões.

O fotógrafo fala também sobre as dificuldades no início das atividades no ramo: “Algum tempo depois, recebi um telefonema de São Paulo. Era um representante da agência Ford Models perguntando se eu poderia ajudar a fazer um concurso para escolha de modelos aqui no estado. Assim, junto com um sócio, criamos uma agência de modelos por aqui. A partir daí comecei a fazer catálogos. No início, o trabalho era amador. As empresas costumavam pagar o cachê com roupas, por exemplo”.

O dia começou bem cedo. Às 8h da manhã estávamos na Praça da Ciência, em Vitória, para fazer as fotografias que irão compor o catálogo de verão 2014 da marca Konyk. Com a gente, um time de profissionais que iam desde o design da Konyk, Mauro Amorim, responsável pelo conceito do catálogo, a modelos, assistente e maquiador.

“O bom de trabalhar com João é que, além de experiência, ele tem ideias ótimas! É um profissional completo e que passa muita segurança na hora de trabalhar. Fora que a qualidade do seu trabalho é incontestável”, exalta Mauro Amorim.

WorkE é o que eu vejo logo que chego à locação. Lá está João discutindo conceito, ângulos, composição, além de se valer de humor para fazer com que os modelos se sintam à vontade e se soltem um pouco mais para o ensaio. O dia estava ensolarado e nem o forte calor fez com que o trabalho diminuísse de ritmo.

Já ultrapassa o meio-dia quando os equipamentos são reunidos e vamos para o estúdio de João, em Vila Velha. Claro, após uma pausa para o almoço.

No estúdio, começa a segunda parte do trabalho. Serão tiradas várias fotos com cada peça de roupa da nova coleção da marca. Enquanto os looks são separados e os modelos preparados, João está com a mão na massa. Nada de um monte de assistentes fazendo o trabalho: lá está ele, calmamente, montando o equipamento e regulando a iluminação.

Tudo pronto e o trabalho começa. Paciência define o processo, já que pelas próximas horas, João irá fazer as fotos sentado. Num banquinho, atrás da câmera ele comanda a sessão mantendo a atenção a cada clique, além de orientar os modelos quanto às melhores posições.

Já era noite quando todas as fotos foram terminadas e o expediente daquele dia, encerrado. João conta que essa era só a primeira parte do trabalho, já que num outro momento as fotos serão selecionadas, tratadas e finalmente o catálogo montado.

Confira alguns trabalhos do fotógrafo:

Deixe um comentário