Share Button

Karol Lyrio – Foi em meados dos anos 50, mais precisamente entre 1954 e 1955, que o recém-nascido Rock and Roll chegou, primeiramente, aos ouvidos dos norte-americanos, para depois conquistar o mundo.  A mistura de blues, country, soul, jazz e mais uma miscelânea de referências e influências nascia e quebrava de vez com o tipo musical vigente.

O nome do estilo musical em questão deriva da expressão “rocking and rolling”, que traduzindo literalmente para o português quer dizer “balançar e rolar”, mas também possui outros significados, como “dançar” ou “fazer sexo”.

chuck2

Chuck Berry

Polêmico, o novo ritmo fazia a cabeça dos jovens das mais distintas classes, que viam no rock algo de rebelde e inovador. A discussão girava também em torno das origens e precursores do estilo. No entanto, entre opiniões divergentes, Chuck Berry é uma unanimidade. Sobre esse manto de “criador”, Berry apenas comentou: “Rock é tão bom para mim. Rock é meu filho e meu avô”.

O rock evoluiu com as décadas pelas quais passou, assimilando o estilo e as novidades características de cada uma, desde o clássico de Elvis Presley, passando pelo Glam Metal, de Billy Idol e ao rock alternativo do R.E.M e Hüsker Dü, sempre sem perder o tom de rebeldia e protesto.

E foi também na década de 80, em 13 de Julho de 1982, que ocorreu o Live Aid, um evento simultâneo na Inglaterra e nos Estados Unidos, que unia todos os expoentes da cena rock and roll da época com o objetivo de arrecadar fundos para saciar a fome e amenizar a dívida da Etiópia. Phil Collins, que participou do megaevento nos dois países, disse, na ocasião, que aquela data deveria ser lembrada como o dia mundial do rock. O desejo de Collins seria atendido, em parte, só na década seguinte.

No Brasil, em meados dos anos 90, duas rádios paulistanas especializadas em rock incitavam, em sua programação, os ouvintes a adotarem o dia 13 de Julho como Dia Mundial do Rock. A provocação foi surtindo efeito lentamente, mas acabou por tomar o país, sendo os brasileiros os únicos a terem uma data específica para comemorar o rock.

Outro dia do Rock

O apresentados Dick Clark

O apresentador Dick Clark

Em outros países não há um dia específico para comemorar o rock. Nos Estados Unidos, por exemplo, algumas poucas pessoas escolhem celebrar no dia 09 de julho, homenageando o programa American Bandstand, de Dick Clark, que estreou nesta mesma data e ajudou a popularizar e difundir o ritmo por todo o território norte-americano.

Estilos derivados

Ao longo das décadas, o rock and roll desenvolveu vários subgêneros. Influenciando a moda e o estilo de vida de milhões de pessoas, e principalmente, adolescentes, que viram nesses novos ritmos e tendências uma nova forma de expressar sua identidade.

Esse gêneros derivados do rock começaram a aparecer no final da década de 1960 e início dos anos 1970, quando houve a mistura com o folk music, o jazz e o blues, dando origem ao folk rock, blues rock e o jazz rock. Ainda na década de 1970, o rock recebeu influência da música soul, funk e de diversos ritmos latino-americanos, e foi também nesta época que nasceu o heavy metal e o rock psicodélico foi popularizado e difundido, tendo como um dos seus maiores representantes, o grupo britânico Pink Floyd.

A banda inglesa Sex Pistols, uma das maiores representantes do estilo punk

A banda inglesa Sex Pistols, uma das maiores representantes do estilo punk

Nos anos 80, quando o punk hardcore explodiu pelo mundo, com suas canções que abordavam ideias políticas anarquistas, revolucionárias e niilistas, e as problemáticas sociais, como o desemprego, a violência e drogas. Com o visual agressivo e rasgado, na onda do “faça você mesmo” chocava os padrões convencionais da moda burguesa. Outros estilos musicais marcantes desta geração foram o new wave e o rock alternativo.

Na década seguinte, o pop era o gênero em alta e o rock em roll parecia estar sumindo do cotidiano. Porém, uma nova vertente do estilo surgiu, mostrando que o rock ainda tinha muita vitalidade e coisas novas para dizer. Os estilos mais lembrados dos anos 90 são o grunge e o britpop. Quem não se lembra das camisetas xadrez e tênis all star usados pelas bandas como Pearl Jam ou nunca cantou “Smells like a teen spirit”, do Nirvana, ou “Wonderwall”, da banda inglesa Oasis?

Atualmente, os estilos mais populares de rock que são feitos pelas bandas são o indie rock, o garage rock revival, o dance punk e um rock mais mesclado às tendências eletrônicas e pop.

Veja a linha do tempo do rock, segundo fonte do Wikipedia e do portaldorock.com.br

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *