Incertezas para vestibulandos

Share Button

[h4]Incertezas para vestibulandos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda após suspensão do vestibular para esses cursos[/h4]

Tamires Mazin – Para 659 candidatos inscritos no vestibular de Comunicação Social/Jornalismo e Comunicação Social/Publicidade e Propaganda, cujas atividades foram suspensas por portaria do MEC publicada em 6/12, o momento é de incertezas. O que pode acontecer se as atividades dos dois cursos permanecerem suspensas? A suspensão foi decidida pelo MEC após o resultado do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o ENADE, e publicada no dia 6/12.

O professor do Departamento de Direito da Ufes, Paulo Velten,  afirma que na hipótese de recurso à justiça, os candidatos ao vestibular de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, não poderiam usar o argumento de direito a estudar, pois eles ainda não passaram no Vestibular. Ele ressalvou ser difícil prever uma decisão judicial, por se tratar de um caso inédito, mas acredita que a UFES vai reverter essa situação o mais depressa possível, e que em um ou dois semestres os cursos já estejam liberados para o Vestibular novamente. Para ele, os candidatos que pagaram a taxa de inscrição têm direito de receber o reembolso.

O servidor da Ufes, Hildomar Bucher, mestre em Direito, afirma que todos os inscritos no VESTUFES 2014 para os cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda que se sentirem lesados em seus direitos, podem entrar na justiça, porém como o MEC se baseia na lei para agir, provavelmente, não terão um resultado favorável. Ele afirma ainda, que o máximo que os estudantes poderão conseguir será o reembolso da taxa de inscrição para aqueles que a pagaram.

A UFES divulgou em seu site no dia seis de Dezembro de 2013, que intercederá junto ao MEC na tentativa de evitar a suspensão do Vestibular de 2014 para esses dois cursos. 

Leia também:

Curso de Comunicação da Ufes suspenso pelo MEC tem plenas condições de funcionamento

UFES recorre ao MEC pelo vestibular de Jornalismo e Publicidade

Suspensão de cursos na pauta do Cobrecos e Vitória

Incertezas para vestibulandos

O que pensam os alunos que boicotam o Enade?

UFES recorre ao MEC pelo vestibular de Jornalismo e Publicidade

Suspensão do vestibular para jornalismo e as influências no mercado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *