Share Button

 O comércio pesqueiro da Praia do Suá tem barracas e peixarias  

Naiara Gomes – Quem gosta de preparar pratos que levam peixe ou frutos do mar na receita, como a famosa moqueca capixaba, sabe que comprar itens frescos fazem toda a diferença no sabor. A Praia do Suá, em Vitória, é o local ideal para essas pessoas. 

O bairro concentra um comércio pesqueiro onde se pode encontrar, dentre outros, peixes, camarão e lagosta recém-pescados. Além disso, o preço é mais atrativo do que em outros bairros da capital. O comércio no local é composto por barracas cedidas pela Prefeitura de Vitória, por peixarias e pela Colônia de Pescadores.

Especial: Praia do Suá
Uma colônia pesqueira
As histórias do Seu Gil
O aterro
Comércio pesqueiro
Imagens da "Rua das Peixarias"

Fabíola Nascimento trabalha há 10 anos em uma das barracas vendendo camarão e lagosta. Ela explica que cada um é dono de sua barraca e não repassa nenhum valor para a Prefeitura. Fabíola não revelou números, mas diz que a renda mensal obtida na barraca dá pra pagar o aluguel de sua casa, as contas do mês e se sustentar.

A procura nas peixarias é grande. Segundo Silvio Ricardo, funcionário de uma peixaria também presente há 10 anos no local, o estabelecimento recebe muitos clientes nos fins de semana.

Há também a Colônia dos Pescadores onde os peixes que chegam nos barcos são vendidos diretamente para os consumidores. Segundo o presidente da Colônia, no Espírito Santo existem mais de 10 colônias, mas só na de Vitória o comércio é organizado e lucrativo. “Os pescadores conseguem pagar seus funcionários só com o dinheiro adquirido com as vendas do pescado”, diz.

O comércio pesqueiro da Praia do Suá funciona de terça a sexta, de 7h às 13h. O movimento às sextas, sábados e domingo é mais intenso do que nos outros dias. 

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *