Share Button

Os jogos de Cartas Colecionáveis fazem a cabeça de muito marmanjo por aí

Carina Couto, Vinícius Eulálio e Victoria Varejão - Durante as décadas de 1980 e, principalmente, a de 1990 alguns jogos ficaram marcados na memória dos jovens e adultos dessa geração. Não era difícil ver a rapaziada reunida para brincar com Tradings Card Games (TCG), o famoso jogo de Cartas Colecionáveis em português.

Super Trunfo, Magic, Pokémon, Yu-Gi-Oh e Senhor dos Anéis são exemplos de jogos de carta bastante conhecidos no mundo dos games e que ainda continuam firmes no mercado. Cada participante monta seu baralho de acordo com seus objetivos e estratégia para confrontar os adversários.

Escolhida

Partida do Card Game O Senhor dos Anéis

Ao contrário do que alguns possam pensar, os Card Games são diferentes dos baralhos tradicionais. Durante as partidas não são feitas apostas, associadas a jogos de azar, e um público de diversas faixas etárias pode ser aventurar a jogar.

Escolhida 3

Professor Carlos Vergna exibe parte de sua coleção de cartas

Ótimas opções de divertimento e por um preço acessível, as cartinhas servem para reunir grupos de amigos ou para fazer novas amizades.

O professor de Kung-Fu, Carlos Vergna, 31, conta que através do jogo pode aumentar seu circulo de amizades.

“Conheci muitas pessoas e fiz grandes amigos. Recomendo a todos, além da diversão que o jogo proporciona você faz amigos para vida toda”, afirma Carlos.

O professor, que já gastou mais de seis mil reais com as cartinhas, começou a se interessar pela prática em 2001. Ele diz que na época estava sendo lançado o Card Game Yu-Gi-Oh, quando o desenho fazia bastante sucesso nas telinhas. “Um amigo me apresentou e desde então não parei mais”, explica.

Outro que também não abre mão de uma partida é o auxiliar administrativo, Paulo Victor Santos, 27. “Os Card Games te ajudam a raciocinar e aumentam sua criatividade e seu poder de negociação. Eles poderiam ser uma prática pedagógica na formação do ser humano”, conta.

Paulo Victor assim como Carlos já gastou uma boa soma em dinheiro, ele acredita que já tenha pagado cerca de cinco mil reais ao longo dos anos. “Comecei quando tinha 15 anos. Interessei-me, principalmente, porque são muitas variações, estratégias e sempre apresenta novidades.

Escolhida 4

Disputa do jogo: O Senhor dos Anéis

Mas quem pensa que a disputa fica só no amadorismo está muito enganado. Existem campeonatos nacionais e internacionais só para elas, as cartas. Aqui no Estado também rola competições, elas são sediadas na Taberna Geek, loja especializada nesse seguimento localizada na Mata da Praia, em Vitória.

Se depender dessa galera o mercado de Games não vai parar de crescer tão cedo. Segundo pesquisa da empresa Newzoo, em 2012 o mercado de jogos no Brasil foi um dos que mais cresceram no mundo. No país, já são mais de 40 milhões de jogadores, sendo que 54% deles gastam dinheiro com isso.

“Não costumo dizer que isso é um gasto, mas sim um investimento. Afinal, várias pessoas gastam seu dinheiro em seus hobbys, seja em viagens ou qualquer outra coisa. Jogar com os amigos se torna um momento de descontração ao final de um dia de muito trabalho”, diz Paulo Victor.

Regras

Para começar a jogar, é preciso que a pessoa monte o seu próprio baralho e encontre um grupo de amigos dispostos a jogar. Assim os participantes, reunidos em grupo cerca de seis pessoas, podem começar a disputa.

É possível encontrar no mercado baralhos já montados e prontos para a partida ou envelopes com, aproximadamente, cinco cartas para quem deseja personalizar o seu próprio baralho.

Os jogos de Cartas Colecionáveis possuem regras próprias, dependendo do objetivo e dos tipos de cartas escolhidas. Em sua maioria, as cartas representam algum tipo de elemento e possuem um texto que explica seus efeitos durante a partida. O objetivo é eliminar os adversários.

Antes de cada competição as cartas são embaralhadas, ao começar o jogo algumas cartas ficam na mão do jogador e no decorrer da disputa o participante irá descartar cartas do topo de seu baralho para sua mão.

Durante a partida, algumas cartas são colocadas na mesa e representam elementos do jogo. Na maioria deles as cartas simbolizam criaturas sob o comando do jogador.

É importante ressaltar que cada jogo possui suas próprias regras e, portanto, é necessário que o interessado fique por dentro delas antes de começar a jogar. Agora é só reunir a galera e se aventurar nas divertidas batalhas.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>