Greve Geral dia 11 – Confira o que vai parar

Share Button

Ismael Inoch – O povo vai às ruas mais uma vez. Paralisações e passeatas organizadas nas Redes Sociais, em especial no Facebook, prometem parar dezenas de cidades brasileiras nesta quinta-feira (11). No Espírito Santo, diversas categorias trabalhistas, junto com os sindicatos, já decidiram aderir ao movimento chamado de “Greve Geral”.

Desta vez, a manifestação reúne as pautas das reivindicações ocorridas nas últimas semanas, como melhoria para o transporte público e combate a corrupção, ao protesto pela liberdade democrática e o direito trabalhista.

Confira na lista abaixo o que vai parar no dia 11:

– Ônibus: o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviários (Sindirodoviários-ES) informou que motoristas e cobradores vão paralisar as atividades a partir da 00h desta quinta-feira (11). Por causa disso, na manhã do mesmo dia já não haverá ônibus nas ruas.

– Professores da Ufes: eles decidiram suspender as atividades. De acordo com a categoria, o momento de manifestações no país é propício para a retomada da pauta de reivindicação que inclui a reestruturação da carreira e melhores condições de trabalho.

– Sem aulas na Rede Estadual de Ensino: o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Espírito Santo (Sindiupes) convocou a categoria para ir às ruas e participar do protesto. O Governo do Estado dispensou as aulas por causa da chance de problemas com o transporte público.

– Servidores Estaduais: o Sindipúblicos, sindicatos dos servidores estaduais, convocou a categoria e aderiu a greve geral.

– Trabalhadores da construção civil: o Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção Civil , Montagem, Estradas, Pontes, Pavimentação e Terraplenagem (Sintraconst) divulgou um comunicado revelando que vai aderir ao dia de Greve Nacional e solicitou as empresas que não haja trabalho nos canteiros de obras e escritórios.

– Tribunais de Justiça, Trabalho e cartórios: não haverá expediente nas repartições capixabas.

– Supermercados: vão manter o expediente normal. A orientação da Associação Capixaba de Supermercadistas (Acaps) é fechar os estabelecimentos se houver protestos por perto.

– Bancos: o sindicato dos bancários afirma que a categoria vai aderir a paralisação nacional. A Associação de Representantes de Bancos do Estadao (Arbes) informou que o expediente será normal.

– Hospitais: o Sindicato dos Médicos do Estado do Espírito Santo (Simes) comunicou ao Estado, Prefeituras, Ministério Público e população que vai paralisar os serviços a partir das 00h desta quinta-feira (11). A paralisação vai durar 24 horas e, durante este período, os serviços de urgência e emergência serão atendidos.

– Shoppings Mestre Álvaro, Praia da Costa, Norte Sul e Vitória: vão funcionar em horário normal.

Concentrações

Na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em Goiabeiras, os estudantes vão ser reunir às 9h, de onde saíram em passeata. O encontro entre o movimento estudantil e outros setores da sociedade será em frente a Assembléia Legislativa do Espírito Santo. De lá, o protesto deve seguir para um possível ato público em frente ao Palácio Anchieta, no Centro de Vitória. As informações são dos eventos programados e organizados no Facebook.

Clique e confira:

– PARALISAÇÃO NACIONAL ES

– GREVE GERAL – DIA DE LUTA / ES “Pelas liberdades democráticas e pelos direitos dos trabalhadores”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *