Conheça as bandas vencedoras do Prato da Casa 2013

Share Button

[h4]Organizado pelo programa Bandejão, tradicional festival de música independente, que acontece no final do ano, apresenta novas bandas capixabas[/h4]

Eduardo Dias, Henrique Montovanelli e Mateus Cordeiro Depois da acirrada fase de votação, o Prato da Casa 2013 tem definidas as oito bandas vencedoras do concurso. Organizado pela equipe do Bandejão, o tradicional festival de música independente movimenta o cenário cultural capixaba e divulga bandas promissoras. O evento conta com o apoio da Rádio Universitária,  Ecos Jr. e Assédio Coletivo.

Foram inscritas 38 bandas, sendo 24 aprovadas para a fase de votação. Para participar, os grupos precisam ter no máximo cinco anos de formação, enviar uma música autoral e preencher uma ficha de inscrição. As músicas inscritas passaram por análise de júri técnico – formado pelos músicos Amaro Lima, André Prando e Alexandre Cavalo -, pelo júri popular – por meio de votação por Facebook e por telefone – e equipe do Bandejão. Para a votação popular, as bandas foram distribuídas em dois grupos de 12. Os critérios adotados para a análise foram originalidade, gênero, qualidade musical (letra e melodia) e qualidade de gravação. “A votação foi um sucesso, o telefone não parava de tocar no estúdio, e o Facebook também foi muito acessado”, lembra Filippe Saraiva, estudante de Publicidade e Propaganda da UFES e integrante do Bandejão.

Com tantas concorrentes de qualidade, os jurados tiveram dificuldade para votar. “O festival é muito bacana. Todo mundo representado. Foi muito fo#@ escolher e tive que deixar de fora algumas músicas que gostei muito e que estavam com a mesma nota”, afirma o Alexandre Cavalo, guitarrista da Velhas Virgens. Filippe também teve a mesma sensação. “Ficou um aperto no coração, porque muitas bandas boas ficaram de fora. Mas, o Prato da Casa é um evento anual, e eu acredito que essas bandas subirão no palco do festival muito em breve”, conclui.

show de banda
Broken & Burnt na Estação Porto – Foto: Rodolpho Paixão

O evento que celebra a música capixaba independente chega neste ano à sua sétima edição, promovendo um show gratuito e proporcionando às bandas vencedoras uma estrutura profissional com qualidade de som, palco, iluminação e produção. Além disso, o trabalho dos músicos participantes ganha espaço na programação da Rádio Universitária (104.7 FM). O show com as oito bandas vencedoras acontece no final do ano, ainda sem data e local definidos. Na edição do ano passado, o festival ocorreu na Estação Porto e contou com a participação de 12 bandas.

“O Festival representa o que a gente mais precisa neste momento em Vitória. Espaços e possibilidades para apresentar a cultura local para o público da cidade. O Prato da Casa é a porta de entrada de toda banda do ES no cenário cultural autoral. O Adiós, Me Voy! tem muito orgulho de fazer parte do seleto grupo deste ano”, analisa Daniel Morelo, vocalista da banda. Raony Rocio, baixista e vocalista da Band Boys, também identifica o festival como um teste inicial. “Hoje em dia, as bandas novas encaram o festival como um “vestibular musical”. É o grande objetivo de quem está começando. A primeira grande vitória”.

As oito vencedoras estão ansiosas para subir ao palco. “Sabemos da qualidade do Prato da Casa e das bandas que nele tocam. A expectativa é de um show que corresponda a esse panorama”, diz Raony. Diego Locatelli, guitarrista da Casatorna, relembra das bandas que já se apresentaram no festival. “Todos nós ouvimos as bandas que passaram pelo festival e hoje têm grande representação no cenário musical do estado, como Moana, Broken & Burnt, Mendigos Cientistas, etc. Nesse sentido, sabemos da importância do festival e vamos tentar dar o melhor que temos para fazer valer essa oportunidade”.

(Clique aqui para ouvir as músicas vencedoras)

Conheça as bandas vencedoras deste ano:

adiós

Adiós, Me Voy! (Vitória)
Gênero: Pop rock
Formação: Rafael Borges (bateria), Pedro Fernandes (guitarra), Zef Matielli (baixo) e Daniel Morelo (vocal)
Página no Facebook
Música: Misterioso aos curiosos

 

band boys

Band Boys (Vila Velha)
Gênero: Surf rock
Formação: Grégori Fachinetti (bateria e vocal), Paulo Emmerich (guitarra e vocal) e Raony Ramos (baixo e vocal)
Página no Facebook
Música: Ninguém quer fazer banda com Felipe Legal

 

casatorna

Casatorna (Vitória)
Gênero: Hardcore
Formação: Vitor Mello, Felipe Freitas, João Paulo, Rafael Venturini e Diego Locatelli
Página no Facebook
Música: Anjos e Flores

 

doctor g

Doctor G (Vitória)
Gênero: Pop rock
Formação: Gustavo Rocha (vocal e violão), Giva Mendes (guitarra e vocal), Douglas Giuberti (baixo) e Victor Mendez (bateria)
Página no Facebook
Música: She on the way

 

frenesia

Frenesia (Vitória)
Gênero: Funk rock
Formação: Eduardo Nascimento, Walace Machado, Gustavo Altoé e Isaac Beber
Página no Facebook
Música: Senhor Frenético

 

lemon 55

Lemon 55 (Vitória)
Gênero: Eletro pop rock
Formação: Lucas Zanandrea (vocal), Gabriel Soneghet (bateria), Anderson Widenhoeft (guitarra), Gabriel Monteiro (guitarra), Maurício Cortelleti (teclado) e Gabriel Hand (baixo)
Página no Facebook
Música: Waiting for the sunrise

 

sob o mesmo sol

Sob O Mesmo Sol (Vila Velha)
Gênero: Rock alternativo
Formação: Adriano Monteiro (guitarra), André Batista (guitarra), Pedro Araújo (baixo), Gabriel Nascimento (bateria), Jardel Miguel (vocal)
Página no Facebook
Música: Mais do mesmo

 

the single malt

The Single Malt (Vila Velha)
Gênero: Rock
Formação: Thiago Stein (vocal), Raími Leone (guitarra), Carlos Henrique (bateria) e Pedro Moscardi (teclado e baixo)
Página no Facebook
Música: SMKW

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *