Praça Oito

Praça Costa Pereira

Praça Ubaldo Ramalhete

Praça Presidente Getúlio Vargas

Share Button

(João Carlos Fraga, Reuber Diir e Will Morais)

Praças, por natureza, são lugares destinados ao bem estar da uma região, que propiciam a convivência e a diversão da população local. Nada diferente das que estão localizadas no centro histórico de Vitória.

Mas quando você fizer um passeio por entre os bancos e canteiros desses lugares, saiba que muita história do século XX aconteceu ali, por seus calçamentos antigos; personalidades em discurso, famílias reunidas aos finais de semana, conversa entre namorados, população em protesto (…). Muitas pessoas, várias histórias.

Cada praça possui marcos singulares, que falam sobre grandes políticos e demostram tradições de épocas passadas.

 

Praça Oito de Setembro

O nome é em menção ao aniversário da cidade de Vitória. Inaugurada em 1911, antes foi chamada de Cais Grande e, depois, Cais da Alfândega.

Com seu calçamento da pedras portuguesas, abriga, ao centro, um monumento que guarda um grande relógio. Até os anos 1970, a cada hora, o relógio soava o início do hino do Espírito Santo. Já foi palco de concentrações, protestos e manifestações populares.

 

Praça Ubaldo Ramalhete

É em homenagem ao advogado e interventor federal no Espírito Santo em 1946, Ubaldo Ramalhete. Foi sede da Prefeitura de Vitória no final da década de 1920. Próximo à rua Coutinho Mascarenhas, há o monumento ao trabalhador. Uma estátua de bronze de um homem com o torso nu e o martelo na mão representa o trabalho o trabalho braçal. A escultura é de Euclydes Fonseca e não há a data de construção ou inauguração.

 

Praça Presidente Getúlio Vargas

Como o próprio nome informa, é em homenagem ao presidente da República na época do Estado Novo, décadas de 30/40, e na década de 50. No centro da ampla praça, há a escultura em bronze de corpo inteiro do presidente, sobre uma base, que traz a última frase do texto da sua carta-testamento ao povo brasileiro: “Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história”. Lá, Getúlio Vargas está contemplando a linda vista da baía de Vitória e do Porto de Capuaba, em Vila Velha. Uma imagem inspiradora.

 

Praça Costa Pereira

Considerada, desde sempre, o coração da cidade, a praça Costa Pereira conta com longos bancos e muitas e centenárias árvores. Há quatro bustos em pontos da praça, formando um quadrado. São em homenagem aos principais chefes de governo do Espírito Santo, como o primeiro governador, na proclamação da República, Afonso Cláudio; além dos ex-governadores Jerônimo Monteiro e Muniz Freire, e o ex-presidente do Estado Florentino Avidos. Próximo à praça está o mais antigo teatro do Espírito Santo, o Carlos Gomes.

 

Confira abaixo vídeos sobre as praças:

 

Praça Oito

 

Praça Ubaldo Ramalhete

 

Praça Presidente Getúlio Vargas

 

Praça Costa Pereira

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *