Coletivo Canellada, arte para os canelas verdes

Share Button

(Larissa Gouveia e Savya Alana)

Um evento nacional conhecido como Fora do Eixo, realizado em 2011, despertou no capixaba Adriano Monteiro a vontade de produzir e movimentar a cena cultural no município de Vila Velha, no Espírito Santo. Após participar do Fora do Eixo, Adriano e mais quatro amigos, Gabriel Polese, Daiana Rocha, Diego Pontes e Jardel de Sousa, fundaram o Coletivo Canellada, responsável por fomentar a arte na cidade, valorizando os artistas independentes do local.

Para quem ainda não conhece, o Fora do Eixo é uma rede de coletivos que atua na área da cultura em todo o país e em alguns países da América Latina. Iniciada em 2005 por produtores e artistas de estados brasileiros fora do eixo Rio-São Paulo, a rede era focada apenas na troca de atrações musicais e conhecimento sobre produção de eventos. Entretanto, com a grande aceitação, cresceu e começou a abranger outras formas de expressão, como o audiovisual, o teatro e as artes visuais, ainda que a música tenha uma maior participação.

Trabalhos realizados pelo Coletivo

Criado em janeiro de 2012 com o objetivo de valorizar os artistas da cidade de Vila Velha, os integrantes do Coletivo Canellada possuem um objetivo único: contribuir para que a cidade respire cultura. Para isso, em apenas pouco mais de um ano, o Coletivo produziu três festivais Tarde no Bairro, em Araças, duas Noites com Canellada no bar Pós-graduação e dois Grito Rock. Além de participar, todas as quintas-feiras, do programa #Tardes Infinitas, na Rádio Universitária. Vale a pena conhecer um pouco mais sobre os eventos produzidos pela galera do Canellada:

Tarde no Bairro:

O Festival Tarde no Bairro começou em janeiro de 2012, em Bairro República, após uma parceria do Assédio Coletivo e do Coletivo Canellada. A ideia dos Coletivos é promover um evento de música autoral, com entrada franca, que fortaleça o cenário musical capixaba e contribua com o crescimento de novas bandas e artistas locais, de todos os estilos musicais.

Inicialmente o festival era realizado apenas em Vitória, mas em abril de 2012 Vila Velha recebeu o 1º Festival Tarde no Bairro, em parceria com o Fora do Eixo ES e com a Associação de Moradores de Araças. Após a aceitação dos moradores, foram realizadas mais duas edições, em junho e agosto. “Desde a primeira edição, realizada em abril, os moradores do bairro abraçaram o projeto, possibilitando a realização das demais edições”, explica Adriano.

1ª Edição do Festival Tarde no Bairro, em Araças

Noites com Canellada:

Um dos mais novos projetos realizados pelo Coletivo é o Noites com Canellada, que pretende reunir bandas locais, promovendo a cultura no município. A primeira edição foi realizada no dia 29 de setembro, voltando a acontecer em 1º de Fevereiro, num bar em Vila Velha.

Grito Rock:

O Grito Rock é um festival realizado em rede que surgiu como alternativa ao carnaval tradicional e já alcança 300 cidades de 30 países. Desde 2005 o festival acontece em diversas cidades do mundo durante o período de festas relacionadas ao Carnaval brasileiro. Em Vila Velha o evento começou a ser realizado em 2012 pelo Coletivo Canellada, tendo como característica principal a promoção de artistas locais, mas também abre as portas para intercâmbio e parcerias com atrações de outros estados.

VT Sobre o Grito Rock 2013

#Tardes Infinitas:

O Coletivo Canellada compõe a programação do Tardes Infinitas, da Rádio Universitária, com o quadro Tardes com Canella. A apresentação fica por conta de Adriano Monteiro, que traz entrevistas, informações e promove a música produzida na cidade de Vila Velha. O quadro vai ao ar toda quinta-feira, das 15 às 17h. É possível ouvir a rádio também pela internet no site http://www.universitariafm.ufes.br ou acessar o site do #tarde infinitas http://tardesinfinitas.tumblr.com/

Além da realização e participação nestes eventos, o Coletivo Canellada é parceiro da rede de Coletivos Fora do Eixo e pretende produzir e participar, neste ano, de mais encontros que visem agitar e colaborar com a cultura, não só em Vila Velha como em outros municípios e até mesmo estados. “Com companheirismo, amizade, humildade e idealismo desejamos contribuir para que todos respirem cultura, através de nossa paixão pela arte. Talvez seja utopia, mas estamos fazendo a nossa parte e incentivando para que todos façam também a parte deles”, finaliza Adriano Monteiro.

Chamada do programa Tardes com Canella

Ilustração para o quadro Tardes com Canella, no Tardes Infinitas

Quem se interessa por cultura, principalmente musical, e deseja conhecer ou fazer parte do Coletivo Canellada, basta acessar o facebook deles, no endereço www.facebook.com/coletivocanellada ou contatá-los por email, coletivocanellada@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *